Blog

8 de março: um dia de luta

16113252_1623332544348545_2854240385858758988_o

Parabéns pra você que acordou nesse dia lindo, mulher! Que receberá flores e mensagens fofas, inspiradas em todo romantismo do universo cor de rosa….

Ah, faz favor, né?

Para nós, hoje é dia de reflexão. É dia de pensar em todas as mulheres que acreditam que a gestação é o momento só de comprar enxoval e não lhes é oferecida a oportunidade de conexão consigo mesmas. Pensemos nas que sofrem violência obstétrica nos partos Brasil afora, que são afastadas de seus companheirxs na hora do nascimento de seus filhos ou ainda que nem tem companheirx nenhum neste momento. Vamos refletir sobre a indústria da cesárea, que nos cega, nos limita, nos mutila. Vamos encarar que as “escolhas” que achamos fazer são, em sua maioria, apenas falta de informação, que nos é negada desde sempre. Pensemos em toda uma vida em que somos ensinadas a não aceitar nossos corpos, acreditando que são defeituosos, que precisam de ajuda, molde, correção, ajuste, crítica.

Pensemos no colo que somos estimuladas a não dar para nossos filhos. No leite do peito que é supostamente fraco. Na nossa maternagem que, segundo os outros, está errada. Nossos desejos e opções, nossos trabalhos e funções, nossos gozos e depressões. Tudo isso que está onde não deveria. Ou não está em lugar nenhum.

Mais do que pensar sobre tudo isso, hoje é dia de agir. Vamos fazer o que é possível hoje: você pode fazer greve? Faça. Pode sensibilizar as mulheres no seu ambiente de trabalho? Faça. Pode delegar funções domésticas a companheiros? Faça. Pode não cuidar dos filhos por hoje ou pelo menos por algum momento do dia de hoje? Faça. Pode lutar por qualquer questão relacionada à melhora na qualidade de vida de uma mulher, qualquer mulher, ainda que seja só você? Faça.

Hoje é dia de luta e estamos juntas!

About the author

Coaracy

Deixe um comentário