Ana Cristina – Nascimento de Luciana

Acredito ser importante relatar o processo do trabalho de parto de Lulu, afinal, foi um momento de crescimento, amadurecimento e novos laços de amor.

Tudo começou na manhã do dia 17/02/2014. Acordei sentindo um pouco de cólica e como já tinha consulta agendada com a obstetra aguardei até as 16 h para saber se realmente era hora de Lulu chegar e… foi realizado o primeiro exame de toque, a médica confirmou 2 cm de dilatação e disse que a qualquer momento poderiam começar as contrações.

Primeiras contrações

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fui pra casa e, a partir das 18 h, as contrações começaram a aumentar, mas ainda sem muito ritmo, por volta das 19 h sentia elas vinham num intervalo de 20 minutos, liguei para a nossa doula Chênia e ela veio aqui pra casa, chegou por volta das 22 h, mas ela disse que ainda estava muito no início do trabalho de parto, pediu que eu descansasse, mas não conseguia dormir, então, fomos fazer caminhada no play do prédio para ver se barriga baixava mais, caminhamos, mas ainda nada….passei quase a noite toda em claro, só consegui tirar um cochilo por volta das 4 h da manhã até as 7 h.

Acordei ainda com contrações e barriga alta, então, resolvemos caminhar na praia….lá fomos nós, mais ou menos uma hora caminhando e depois voltamos pra casa.

caminhando praia

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Aí parecia que o trabalho de parto tinha dado um tempo, as contrações parecia que tinham parado. Diante disso Chênia achou melhor ir em casa pegar um material dela, como homeopatia e óleos e eu fui acompanha-la.

Quando chegamos na casa dela, por volta de meio dia do dia 18/02, a bolsa rompeu….pegamos o carro e fomos para o hospital, dei entrada por volta das 14 h no Hospital Santo Amaro com 4 cm de dilatação, ou seja, ainda tinha muito trabalho pela frente…..

Fomos direto para o quarto, tomei um bom banho quente e começamos os exercícios com a bola, as contrações foram ficando mais ritmadas e as dores foram aumentando, para amenizar recebi muito carinho de Thiago e força de Chênia, além de massagens e palavras de apoio, mas não aguentei mais a dor e pedi analgesia, subi para o centro obstétrico por volta das 20 h e….mais uma medição: 8 cm de dilatação, mas a bebê ainda estava muito alta, ou seja, tínhamos mais trabalho pela frente, mais exercícios com a bola, mas agora de uma forma mais tranquila, pois sentia as contrações, mas as dores eram mais amenas.

com thiago

 

 

 

 

 

 

 

Com Thiago – pai

Foi feita a troca de plantão médico e Dra Adriana passou a nos acompanhar. Pediu para esperarmos até umas 22:00 h para ver se conseguia a dilatação necessária e o bebê descia mais.

Contração hospital

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Chenia

 

 

 

 

 

 

 

 

Com Chênia – doula

 

Fizemos empuxos e mais exercícios com a bola e por volta das 22:30 h mais uma avaliação: dilatação continuava a mesma de 8 cm e Lulu continuava alta eles disseram que ela estava de cabeça para baixo, mas um pouco transversal e não estava conseguindo entrar no canal de parto e como já estávamos nos aproximando de 12 horas de bolsa rota não podíamos mais esperar, a solução era partirmos para uma cesárea.

Depois dessa notícia, ficamos um pouco só, eu e Thiago, no centro obstétrico, fizemos uma oração pedindo a Deus que fosse feito o melhor para nós e para Lulu e que Ele enviasse os anjos para iluminar os médicos e nossas decisões. Acreditamos que Jesus nos escutou, pois a equipe foi maravilhosa. Pedi que deixassem ela mamar assim que nascesse, pedi para ver o parto sem o pano na frente e que a Chênia e Thiago pudessem assistir o parto. A médica apoiou todas as nossas decisões e disse: “não se preocupe, será também muito emocionante.”

E assim foi…..é uma alegria indescritível ouvir o chorinho dela e sentir ela do nosso lado, é realmente algo divino, um presente de Deus em nossas vidas.

Familia

Gostaríamos de agradecer a todos os envolvidos neste momento, a equipe de plantonista do Hospital Santo Amaro, especialmente a Denise (técnica de enfermagem) que assim que cheguei no centro obstétrico me deu sua mão e conseguiu amenizar um pouco as dores das contrações, a Dra Adriana e Dr. Bruno que fizeram a cirurgia, ao Dr. Jorge, médico anestesista e especialmente a Chênia, nossa doula, que nos incentivou em todos os momentos e a Thiago, que demonstrou todo o seu amor acreditando até o último momento que juntos tomaríamos as decisões mais acertadas e me incentivou no meu desejo de ter um parto o mais natural possível.

Enfim, acredito que Lulu quis agradar aos homens da família: ao avô que dizia que ela nasceria no dia 17/02 (este foi o dia que se iniciou o trabalho de parto) e ao pai que queria que ela nascesse no dia do niver dele, 19, ela atendeu e nasceu no dia 19/02/2014 cheia de saúde e trazendo mais bênçãos em nossas vidas.

mamando

 

 

 

 

 

 

 

 

Obrigada a todos pelo apoio e carinho!

Deixe um comentário